Ferramenta Pizza do Spotify vira febre entre os usuários; veja o que é e faça o seu também

O Spotify está com uma nova ferramenta muito legal, que é um gráfico de pizza, onde os artistas e gêneros mais populares na conta são divididos de acordo com a porcentagem que são escutados.

Para os usuários destes aplicativos, é muito legal saber quais são os artistas e gêneros mais ouvidos, pois estamos tão acostumados a ouvir música e muitas vezes é tão automático, que nem percebemos o que realmente estamos ouvindo.

E quando isso acontece, as redes sociais acabam virando uma loucura, como se fosse um mural de spotify. Isso é muito legal, pois por meio de resultados de outros contatos, conseguimos conhecer novas bandas e cantores que talvez não conhecêssemos se não fossem estas postagens.

Os usuários do aplicativo já estão postando nas redes sociais seus gráficos, e eles foram criados a partir do Spoftify Pie, que faz o trabalho de analisar o perfil e criar o gráfico.

Ele não é uma ferramenta oficial do aplicativo, e foi criada por Darren Huang, que é um estudante de programação. Ele postou originalmente a ferramenta na GitHub, que é uma rede social exclusiva para programadores.

Já existiam pela internet outras ferramentas semelhantes, como o LastFM e o Spotify Sharts, que faziam listas ou gráficos dos artistas favoritos dos usuários da plataforma. Mas é importante que você saiba, que plataformas como estas pedem um compartilhamento de seus dados, e eles podem ser compartilhado com terceiros.

Bem, não sabemos o que a empresa fará com os dados depois, mas para evitar qualquer tipo de problema, o ideal é desvincular seu perfil da plataforma logo depois que utilizá-la. A permissão pede basicamente para acessar o conteúdo de usuários com aplicativo instalado.

Mas como criar meu gráfico no Spotify?

Como criar meu gráfico no Spotify
Como criar meu gráfico no Spotify

Para utilizar a plataforma, é só baixar o site no GitHub, e fazer um cadastro utilizando a conta e senha do Spotify. O site vai pedir algumas informações que servirão para criar o gráfico, e depois de verificar isso, é só clicar em “Aceito”.

Depois de criado, você ainda pode modificar algumas categorias antes de postar nas redes sociais. Isso porque muita gente tem vergonha do gosto musical, ou de algum artista em específico. Sendo assim, você pode modificar a vontade.

Depois de criar a gráfico, caso queira retirar o Spotify Pie da sua conta, e proteger seus dados pessoais, você pode facilmente desvincular as contas. Para isso, é só acessar as configurações do Spotify – clicando na sua foto do perfil – e selecionar “Conta”.

Se for necessário, faça login novamente, e depois clique em “Aplicativos”, que fica abaixo da opção “Visão Geral da Conta”. Depois, procure o item “spotifyapp2” e clique em “Remover acesso”. Caso tenha outros aplicativos conectados a sua conta, considere removê-los também.

Spotify Pie

O Spotify é um aplicativo que funciona quase como um streaming de música. Ele foi lançado em 2008, e é o aplicativo do gênero mais utilizado do mundo.

Hoje em dia, seu acesso pode se dar de forma gratuita, que tem algumas restrições e propagandas entre as músicas, ou pela forma premium, que custa R$ 19,90 mensais, e dá acesso livre a milhares de músicas. Além das músicas, o aplicativo conta com os podcasts mais apreciados do momento.

O streaming pode ser ouvido em diversas plataformas, como celulares, televisões, computadores, e muito mais, e seu design é muito fácil, deixando as pesquisas por músicas e conteúdos ainda mais fáceis.

Além disso, nele há diversas playlists prontas, para que você consiga encontrar músicas de acordo com seu humor, ou nos gêneros que você gostaria de ouvir. E ainda é possível baixar as músicas e playlist para ouvir no momento que estiver offline.

No final do ano, sempre acontece uma retrospectiva para os usuários da conta premium, onde são apresentadas os artistas, gêneros musicais e músicas mais ouvidas no ano. Além disso, a retrospectiva mostra quanto tempo a pessoa passou ouvindo música, e mais algumas brincadeiras super legais que variam de ano para ano.

A retrospectiva se assemelha muito a ideia desta nova ferramenta, porém, a diferença é que ela é oficial da plataforma, e é feita de forma automática para seus usuários.

Mas para quem não quer esperar até o final do ano, pode utilizar esta ferramenta alternativa, assim como as outras disponíveis no mercado.

Eveline Monckes

Professora, administradora e especialista em Gestão de Pessoas que ama a nossa língua portuguesa e inovações. Amante de pets, filmes, séries e redes sociais. Busca a cada dia ser melhor e trazer ao leitor qualidade no que lê.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Favor Desativar Bloqueadores de Anúncios!

Para ver o conteúdo desse site é necessário permitir os anúncios. Pois, o site depende desse recurso para se manter.