Conheça 4 redes sociais que já foram muito populares, mas foram esquecidas

Os mais jovens podem não lembrar, mas existia vida na internet antes do Facebook e Instagram. Estamos falando de redes sociais. E não! Nem o Orkut foi a primeira rede social criada, elas são bem mais antigas.

Tudo começou com a Classmates, que foi lançada no final de 1995. Ela não era tão abrangente, e foi feita apenas para reunir estudantes de algumas escolas dos Estados Unidos.

Quem criou a Classmates foi Randy Conrads, e nela havia diversos arquivos nos quais os estudantes poderiam acessar, como anuários antigos, desde os anos 20. Além disso, a rede tinha um sistema de perfil pessoal, bem como lista de amigos.

Artigos relacionados

Muitos consideram essa a primeira rede social, mas também há muitas controvérsias, pois muita gente diz que não se pode considerá-la como rede social, já que ela não se intitulava como tal.

Qual foi a primeira rede social da história?

Se formos utilizar este critério, então podemos considerar a Six Degrees como a primeira rede social. Ela foi criada em 1996, por Andrew Weinreich, e seu designe era bem mais parecido com o que conhecemos hoje em dia. Ela contava com recursos como lista de amigos e perfil com informações pessoais.

A rede chegou a ter 3,5 milhões de usuários, mas a baixa tecnologia da época fazia com que o acesso ficasse muito restrito. A internet não era tão rápida, e as conexões não permitiam carregamento de fotos, nem mesmo para o perfil.

Compartilhamento de conteúdo com foto e vídeo, então, muito menos. Então toda interação era por meio de textos. Leia também: O que sua foto do Linkedin diz sobre você?

A rede teve seu fim em 2000, mas voltou a ser ativa, e recebe novos membros até hoje, só que por meio de convite. Como está ativa hoje, ela também é considerada a rede social mais antiga em atividade.

Embora estas tenham sido as primeiras redes sociais, elas são pouco conhecidas dos usuários em geral. Há muitas outras redes mais antigas, que foram muito populares, mas caíram no esquecimento mesmo assim.

Trouxemos uma lista com quatro redes sociais que você deve até conhecer, mas que caiu em desuso.

Myspace

Myspace
Myspace

Foi lançada em 2003, e inicialmente era uma plataforma que permitia compartilhamento de músicas, fotos e vídeos, e contava com uma integração de blogs, grupos e perfis pessoais.

Ela chegou a ser a rede social mais popular entre 2005 e 2008, mas com o avanço digital e a criação de novas redes sociais, ela foi perdendo usuários. Os artistas que contribuíam com o financeiro da plataforma acabaram migrando para outras redes sociais, devido a necessidade de publicitar o trabalho.

Se você tinha conta no Myspace, ainda é possível acessar algumas informações, como fotos e amigos. Neste link você encontra mais informações sobre isso.

Hi5

hi5 1

Lançada também em 2003, a Hi5 também este entre as redes mais populares da internet. No Brasil ela não fez tanto sucesso, pois tínhamos o Orkut, mas em Portugal foi muito utilizada.

Com a chegada do Facebook – em 2011 – ela acabou perdendo espaço, já que seus propósitos eram bem parecidos, porém, o design da rede de Zuckeberg era mais atrativo.

Nela você tinha um perfil pessoal, onde podia compartilhar informações como idade, interesses, nacionalidade, e ainda compartilhar imagens e interagir por meio de comentários.

Assim como o Myspace, você pode reativar a Hi5 para relembrar suas publicações. Saiba mais neste link.

Last.fm

last

Esta é uma rede social voltada para música, e podemos fazer uma certa comparação com o Spotfy de hoje em dia. Ela foi criada em 2002, e tinha uma função de rádio muito legal, além de um espaço onde os usuários poderiam compartilhar informações e recomendações sobre músicas.

O perfil de cada usuário era personalizado conforme seu gosto musical e seus artistas favoritos, e foi uma comunidade muito engajada, em uma época que o acesso a música não era tão fácil como hoje.

Hoje a plataforma ainda existe, mas está completamente repaginada para a era moderna. Você pode criar uma conta nova, ou tentar entrar na sua conta antiga, e tentar relembrar daquela época mágica – mas sofrida – de compartilhamento de músicas.

Vine

Vine
Vine

Seu lançamento é mais recente do que as outras redes que comentamos, mas podemos dizer que o Vine teve um fim precoce. A plataforma foi criada em 2012, com a finalidade de criar vídeos rápidos – de no máximo 6 segundos -, que em sua maioria eram de entretenimento e comédia.

Ele pode muito bem ser comparado com o TikTok, e dizem que ele foi o percursor dos aplicativos deste estilo. A dinâmica, na verdade, era bem semelhante a rede social moderna, pois os vídeos gravados na plataforma podiam ser compartilhados pelos usuários.

Uma curiosidade sobre o aplicativo, é que ele foi o responsável pela carreira do cantor Shawn Mendes, que começou fazendo vídeos por lá.

A plataforma já está desativada desde 2016, mas por um curto período de tempo ela foi muitíssimo popular entre os jovens.

Quer acessar mais textos interessantes, então clique aqui.

Eveline Monckes

Professora, administradora e especialista em Gestão de Pessoas que ama a nossa língua portuguesa e inovações. Amante de pets, filmes, séries e redes sociais. Busca a cada dia ser melhor e trazer ao leitor qualidade no que lê.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Favor Desativar Bloqueadores de Anúncios!

Para ver o conteúdo desse site é necessário permitir os anúncios. Pois, o site depende desse recurso para se manter.