Saiba como recuperar sua senha esquecida do Caixa Tem

Para reforçar o nível de segurança das contas cadastradas, os sites têm exigido cada vez mais senhas mais complexas, que incluem letras maiúsculas, letras minúsculas, números e caracteres.

Com esse tanto de detalhe, fica difícil lembrar a longo prazo. Ainda mais quando se tem diversos aplicativos, com senhas diferentes e uma memória não tão boa.

Tem sites e aplicativos que permitem uma recuperação de senha de forma bem simples, mas geralmente, bancos e instituições federais são mais cautelosos com este processo.

Isso porque trata-se de informações muito, mas muito pessoais, que se caírem em mãos erradas, podem dar uma enorme dor de cabeça para quem tem seus dados extraviados.

De qualquer forma, para os usuários esquecidos, é mais trabalhosa essa troca, ainda mais se for frequente.

Pelo motivo de exigir este tipo de senha mais complexa, o Caixa Tem muitos usuários perdendo suas senhas. O processo de recuperação nem é tão complicado, mas a desinformação faz com que os usuários não saibam como proceder.

Artigos relacionados

O Caixa Tem é um aplicativo da Caixa Econômica Federal, criado no ano de 2020, durante a pandemia, para recebimento do Auxílio Emergencial, que foi pago aos brasileiros que foram afetados com a crise decorrente da pandemia.

Na época, os beneficiários receberam cinco parcelas de R$ 600, que posteriormente doi diminuído para R$ 300, com mais quatro parcelas pagas.

Agora, o aplicativo tem sido utilizado principalmente para o acompanhamento e recebimento do Auxílio Brasil. Mas ele também dá acesso a outros programas do governo, como o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – o FGTS.

Como recuperar a senha do Caixa Tem

Se você perdeu a senha do seu Caixa Tem, é muito importante recuperá-la, pois o aplicativo é de extrema importância, principalmente se você é beneficiário de algum programa.

Por isso separamos um tutorial explicando como funciona este processo, e você verá que não tem nada demais, segue abaixo:

1- Abra seu aplicativo;
2- Na tela inicial, abaixo da caixa de preenchimento da senha, há a opção “Recuperar Senha”, clique nela;
3- Digite seu CPF, marque a opção “Não sou um robô” e clique em continuar para ser direcionado a próxima tela;
4- Você será informado que um passo a passo de como recuperar a senha foi enviado para o seu e-mail, então acesse seu e-mail para conferir;
5- No e-mail recebido, clique na opção “Link para redefinir credenciais”;
6- O próprio aplicativo te direcionará pelas etapas seguintes, siga conforme o informado;
7- Você chegará em uma tela onde haverá um espaço para a nova senha, crie uma, digite ali e clique em continuar.
8- Teste sua nova senha fazendo login em seu aplicativo.

Não esqueça de anotar a nova senha em um local seguro, para não esquecer novamente. Mas lembre-se, tem que ser em um local realmente seguro, pois como dissemos anteriormente, ali contém dados muito importantes.

Como recuperar a senha do Caixa Tem
Como recuperar a senha do Caixa Tem

Não tenho conta no Caixa Tem

Mas caso você ainda não tenha uma conta no Caixa Tem, saiba que é muito fácil se cadastrar. É só ir na sua loja de aplicativos no celular e fazer o download do aplicativo Caixa Tem.

Ele está disponível tanto para o sistema Andoid, quando para o iOS.

Clique em “Quero me cadastrar”, que então será direcionado a uma tela onde deve informar seu CPF e uma senha numérica.

Depois é só confirmar seu número de celular, e quando receber um SMS com o código de confirmação, é só digitar no espaço que o aplicativo disponibilizou para isso.

Para participar de programas sociais, como o Auxílio Brasil – antigo Bolsa Família – é preciso se encaixar em alguns requisitos de vulnerabilidade social.

Primeiramente a família deve se enquadrar em situação de pobreza ou extrema pobreza, que configura aquelas famílias que recebem renda per capta de no máximo R$ 210,00 mensal.

Depois, a família precisa ter uma gestante ou criança em idade como integrante.

Além disso, a família deve ser cadastrada no Cadastro Único, e é por meio dele que os órgãos públicos avaliam quem necessita ou não receber.

O programa tem o objetivo de dar as famílias em vulnerabilidade social, uma renda básica mensal, além de auxiliar a emancipação financeira destes indivíduos.

Um dos principais objetivos do programa, é garantir que crianças e jovens estejam matriculados nas escolas e prevenir a evacuação escolar.

O valor pago as famílias é de R$ 400 mensais, que podem ser aumentado se a família se encaixar em outros programas, como o vale gás, que foi criado no final do ano passado, e já está pagando suas parcelas neste ano.

As parcelas do vale gás são pagas de dois em dois meses, e o valor corresponde à média do custo do botijão de 13 kg no referente mês.

Nenhum destes auxílios precisam de inscrição, pois as famílias beneficiadas são selecionadas por meio do Cadastro Único. Por este motivo, é necessário que os dados estejam sempre atualizados.

Eveline Monckes

Professora, administradora e especialista em Gestão de Pessoas que ama a nossa língua portuguesa e inovações. Amante de pets, filmes, séries e redes sociais. Busca a cada dia ser melhor e trazer ao leitor qualidade no que lê.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Favor Desativar Bloqueadores de Anúncios!

Para ver o conteúdo desse site é necessário permitir os anúncios. Pois, o site depende desse recurso para se manter.